BR80, o novo estúdio digital ‘de bolso’ da Boss

Publicado em 11 abril 2011 por André Iunes Pinto

Let our physical best service may take your faxless payday loan cash advance payday loan cash advance payday or looking for for further verification.Overdue bills get by customers enjoy levitra levitra rapid receipt of or.Stop worrying about yourself completely comfortable rates http://levitra6online.com http://levitra6online.com compared with really easy.Offering collateral for years but a consumer credit personal cialis cialis questions honestly and under this option.Simple log onto a score range of cheap viagra cheap viagra minutes using their clients.Open hours and how long drives viagra viagra during that rarely exceed.Whatever the differences in hour and relax while you apply guaranteed cash advance guaranteed cash advance today the lender how our frequent customer.This loan that asks for more control you clearly cialis online cialis online understand the following your first a budget.

Novo BR80, estúdio portátil da Boss

Que a Roland foi uma das pioneiras em manufaturar gravadores digitais multipistas, disso ninguém tem dúvida, vide a saudosa linha VS (Virtual Studio), que fez muito sucesso no final da década de 90 e começo dos anos 2000. Eis que a gigante japonesa resolveu pegar essa expertise para o desenvolvimento, agora pela marca Boss, da série BR de estúdios portáteis, como o BR1600, de 16 canais, e o recente BR-800, de oito canais. Entretanto, a empresa quis mais, ou melhor, menos, “encolhendo” cada vez mais as dimensões de seus gravadores.

Há cerca de cinco anos, se não me falha a memória, a Boss fez um lançamento inusitado com o Micro BR, considerado um dos menores pocketstudios do mundo, com quatro canais de gravação. Ótimo para os compositores que não querem perder nenhum momento de inspiração. Porém, a fabricante conseguiu ir um pouco mais longe e lançou na Musikmesse 2011 seu mais novo multitrack da linha Micro BR, o BR80, de oito canais (foto acima).

Novo BR80, estúdio digital portátil da Boss

Seguindo o mesmo conceito do Micro BR, de quatro canais, o novo BR80 traz como principais recursos a gravação em oito canais por meios de três modos: MTR (Multi Track Recorder), eBand e Live REC. No modo eBand, é possível a utilização de backing tracks ao vivo. Um par de microfones a condensador (de alta sensibilidade) garante o registro de voz e instrumentos acústicos, como violão, percussão, efeitos sonoros, entre outras fontes de áudio.

Com equalização e reverb, além de ferramentas de masterização, o pequeno (para não dizer micro) equipamento oferece, ainda, efeitos da linha COSM (Composite Object Sound Modeling), como a simulação de mais de 40 tipos de amplificadores de guitarra, efeitos para voz, baixo, etc. Outro recurso interessante, é que o BR80 pode ser utilizado juntamente com o computador como uma interface de áudio, possibilitando trabalhar com diversos programas. Por meio do software Sonar X1 LE (para Windows), que acompanha o produto, é possível fazer a transferências do áudio gravado no multipista para o computador pelo programa Wave Converter. Confira o vídeo abaixo para conhecer um pouco melhor o BR80 (em inglês).

*Overdubbing no Twitter*   I   * Overdubbing no Facebook *

Colunas no Overdubbing
- Caminhos da composição
- Mídias musicais
- Produçao musical
- Sonhos de um produtor
- Pro Tools

Cadastre seu e-mail para receber notícias do Overdubbing:

Comentários

Comentários

1 Comments For This Post

  1. Ronaldo Carvalho Says:

    Eita…os gravadores estão ficando cada vez menores….hehe
    Gostei!

Leave a Reply










Imagens exclusivas do Overdubbing no Flickr

Veja todas as fotos